quarta-feira, 30 de junho de 2010

tomorrow

O meu dia de amanha vai resumir-se a isto.
Vou até ao Dolce Vita, ter com a Ana, para metermos a conversa em dia e irmos ver o Eclipse.
Pelo caminho ainda quero ver se encontro uma mala nova (a minha preta sobrevive á base de alfinetes), uns óculos de sol e ainda quero ver se compro o Cidade De Vidro.

fullmetal alchemist

É uma das minhas séries de anime preferidas e o mais certo é hoje começar a revê-la.

take a risk

Just close your eyes and do it!

terça-feira, 29 de junho de 2010

allan hyde aka godric

So Cute *.*


Ele é a coisinha mais fofa do True Blood.
Confesso que não imaginava o Godric com este aspecto, mas sinceramente, a escolha foi muito bem feita.

citação #6

tenham piedade ...

A sério ... parem de lançar livros, pelo amor da Santa da Natação. Tenham piedade de mim.
Desta vez é uma nova saga do autor de Midnighters. Confesso que não sou grande fã da história Midnighters, mas adoro a escrita e fiquei curiosa. 
Pelos vistos, o primeiro volume da nova saga sairá já em Julho, e os restantes só lá para o fim do ano. E depois, a editora ainda irá lançar uma outra saga do autor. 

another day

Sinto que foi um dia produtivo. 
Oh yeah, acabei de ler um livro, vou agora começar outro (a ver se é desta que leio um livro da saga Twilight) e ainda adiantei umas tarefas cá por casa. 
Para terminar a noite, vou ler um pouco do novo livro que agarrei e depois vou ver mais um ou dois episódios da segunda temporada de True Blood. 
Se todos os dias fossem como o de hoje ...

citação #5

"Tentei à minha maneira ser livre."

Leonard Cohen

segunda-feira, 28 de junho de 2010

citação #4

"Tibby tinha jeito para se esconder. Era a única coisa que sabia fazer. Tinha jeito para se encerrar numa caixinha e esperar que tudo passasse. Mas esperava porquê? De que estava ela à espera?
Acreditava que tinha aprendido uma lição com a queda de Katherine da janela. A lição era: não subas, não alcances e não cairás. Mas essa lição estava errada! Tinha aprendido a lição errada!
A verdadeira lição encerrada no corpo de três anos de idade de Katherine era o contrário: tenta, alcança, deseja e poderás cair. No entanto, ainda que caias, talvez não tenha importância nenhuma. 
Flectindo os pés debaixo dos lençóis, Tibby reflectiu no corolário daquela lição: se não tentares, não conservarás nada, porque é o mesmo que já estares morta."

Ann Brashares, "O Terceiro Verão das Quatro Amigas e um Par de Calças"

citação #3

"E parecia que o abraço de outro ser humano também a deixava triste. Mas, às vezes, Carmen sabia, era preciso ficarmos tristes."

Ann Brashares, "O Terceiro Verão das Quatro Amigas e um Par de Calças"

summerland

Ai ai, parece que este vai ser um verão para recordar o passado.
Estava a ouvir umas musicas do Jesse MacCartney e lembrei-me de uma série que passou há uns anos atrás na TVI, a horas indecentes (tendo em conta o tipo de série que era) e fiquei com vontade de a rever. 
Lá vou eu procurar pela "Summerland".

pearl band & god save the queen concert

Como descrever o concerto de ontem? Tarefa dificil, já que há sentimentos bastante contraditórios.
Bem, falemos dos Pearl Band. Uma banda portuguesa, de tributo aos Pearl Jam, que prometeram logo no inicio da actuação que seria um pequeno cheirinho para aqueles que não irão ao Alive.
Pessoalmente, acho um pouco desnecessário criar-se bandas de tributo a bandas que ainda estão no activo, mas adorei os Pearl Band. Conseguiram puxar pelo público e comunicar com ele (algo que faltou aos GSTQ). 
Havia um homenzinho que está sempre a gritar no inicio de cada música "esta é a minha preferida", chegando ao ponto de o vocalista antes de começar uma música já dizer "e sim, eu sei que esta é a musica preferida daquele homem". 
Divertidos e com um som bastante idêntico ao dos grandes Pearl Jam, o vocalista tem uma voz bastante semelhante (e quando digo bastante semelhante, quero dizer igualzinha, era como ter o Eddie Vader a cantar ali no Coliseu para nós) ao do Eddie, mas Eddie só há um e prontos. 
Foi bom relembrar a época grounge naquele espacinho de tempo.
E eis que entram God Save The Queen (no original, Dios Salve a la Reina). Confesso, o meu coração'zinho deu um salto quando o vocalista entrou, com o tipico casaco amarelo, as calças brancas com as riscas vermelhas, bem ao estilo Freddie. Confesso que por momentos senti que ele não tinha morrido e que estava ali a ver um concerto dos verdadeiros Queen, tal era a semelhança do set de iluminação. 
Mas bastou uns segundos para tudo isso se desvanecer, muito por causa da altura do vocalista. Sim, eu sei que é estúpido, mas que posso fazer? O homem é mais baixo que o grande Freddie e isso bastou para me fazer descer á terra. 
Também temos que admitir que o sotaque dele não era dos melhores. Em diversas alturas fez-me lembrar o nosso amado Bill Kaulitz a cantar em inglês.  É uma banda argentina, mas que é considerada a melhor banda de tributo aos Queen, mas houve ali alturas em que me deu a sensação que o homem se esquecia da letra e inventava para ali umas palavras.
Os movimentos eram demasiado forçados. Eu sei, é uma banda de tributo, é suposto parecerem os verdadeiros e agirem como eles, mas isso não implica que os gestos tenham que ser tão forçados. 
Anyway .... foi um bom serão. 
Finalmente pude participar na famosa brincadeira do Freddie e ouvir o "fuck you" no fim, mesmo que não tenha sido feito pelo próprio. Gritei a "I Want It All" a plenos pulmões, ri-me quando o vocalista entrou no palco, vestido como o Freddie no video de "I Want To Break Free", chorei na "Love of My Life" (sim, chorei baba e ranho num concerto, mas em minha defesa posso dizer que aquela música é demasiado especial para mim) e na "Kind of Magic" consegui apanhar uma das mega bolas que atiraram para a plateia. 
Foi uma boa noite que espero recordar por muito tempo.

a tentação dos livros

Quero-os, mas lá terei que fazer um esforço, para lhes resistir. 

nós vamos ver a nossa amiga Nessie este verão lá lá lá

Ainda o concerto nem tinha começado, recebo uma chamada da Lau a perguntar se por mais 14euros queria ir visitar a nossa amiga Nessie e eu como não sou de recusar uma visita á amiga Nessie, lá alinhei na aventura.
Em oito dias vamos do Porto a Dublin, de Dublin a Edimburgo, de Edimburdo a Dublin e de Dublin de volta ao Porto (temos que ir até Dublin uma segunda vez, porque não há voos directos de Edimburgo para o Porto).
Setemebro, onde andas tu?

dios salve a la reina ball

Muahahahahah ... consegui agarrar uma das megas bolas que começaram a saltar pelo Coliseu na Kind of Magic e trouxe-a para casa.
Amanha conto como foi o concerto, porque agora vou ver True Blood.

domingo, 27 de junho de 2010

dublin 2010

de 21 a 28 de Setembro, a Nans e a Lau estarão em Dublin, a fazer alguns estragos e a beber umas belas cervejas. 

my day ...

Passei o dia todo a ver a primeira temporada, depois do concerto, quando chegar a casa, vejo o último episódio e amanha passo para a segunda temporada.

E agora vou para o Coliseu, para ver os God Save The Queen ... lágrimas irão rolar. 

mais um riscado ...

Vernizes e maquilhagem.

Maquilhagem, finalmente, organizada e completa. Okay, não tenho rimel ali para o meio, mas também não uso, por isso ...
Item 21 da lista "50 Coisas a Fazer em 2010" riscado.

Vernizes organizados por marca. Estou tão orgulhosa da minha mini "colecção". 
Sim, eu sou fútil!

sábado, 26 de junho de 2010

my night ...

lava lava lava, esfrega esfrega esfrega, hummm, que cheirinho a limpeza!

Hoje é dia de limpezas. Oh yeah. Há muito que o meu quarto gritava por uma limpeza, e hoje decidi atender o pedido dele. 
Cheira-me que há uns itens na lista que vão ser riscados, da lista de 50, não da de 60 xD
E agora vou continuar a limpeza, enquanto vou dançando ao som de Michael Jackson, está a dar um especial na VH1 e eu confesso que não resisto ao som da música dele. 
Long Live The King of Pop!

chasing cars by lee dewyze


Adoro Snow Patrol e hoje deparei-me com uma versão da Chasing Cars, de um concorrente do American Idols que adorei.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

RJA

O meu novo motivo para babar. *.*

vernizes ...

Hoje fui á faculdade, como já tinha referido, e a Marta entregou-me a minha nova colecção de vernizes. 
São tantos que nem sei por onde escolher. 

for diana ...

É a coisa mais fofa *.*
Tenho que agradecer á Lóide pelo autografo, porque senão nesta altura não andava aos saltos como uma criança na manha de natal. 

avé, a vontade de escrever voltou ...

Eram oito da manha e já andava eu feita zombie de um lado para o outro. Yeah, é suposto estar de férias, mas tenho que ir á faculdade ver a desgraça que foi História do Cinema e ver o que já se tornou famoso como "em 80 marmelos, 60 reprovaram". Eu tenho quase a certeza que estou nas estatisticas dos 60 que reprovaram, mas vamos lá ver.
Anywya ... ontem estava a recordar os bons velhos tempos, o quão feliz fui ao som dos Hanson, e puff, surgiu uma ideia para uma songfic. 
E hoje (aposto que foi por ter acordado cedo), surgiu-me outra ideia, mais uma vez graças aos Hanso.
Resumindo, vou escrever uma espécie de mini-fanfiction/songfic, usando duas músicas deles, a "If Only" e a "Penny and Me" (oh, como eu já fui muitooo feliz ao som da "If Only").
E estou a pensar se depois não escreverei uma one-shot como continuação, para arrematar com a história. Avé aos Hanson por terem ressuscitado a minha escrita, ou melhor, a minha imaginação. Talvez, com um pouco de sorte, logo á noite já comece a escrever.
E agora vou para a forca, porque não faço a minima onde está o meu MP4 e acreditem que andar de autocarro sem qualquer coisa que abafe a conversa daquela gente é a morte cerebral de qualquer pessoa normal, ou semi normal.
See ya e desejem-me boa sorte*

batman vs. red hood



E conseguiu apenas ser o Red Hood!

quinta-feira, 24 de junho de 2010

citação #2

"- Vai em frente - disse ele baixinho. - Mas lembra-te de que as pessoas mudam, mas o passado não."

Becca Fitzpatrick, "Hush, hush"

dios salve a la reina / banda de tributo aos Queen


Já chegamos a Domingo? 
Quero sentir o mesmo que senti á cinco anos atrás ao ouvir o Brian May tocar esta música e a ser constantemente interrompido pela multidão, que insistia em cantar sozinha a música, quero reviver os clássicos dos Queen ao vivo e relembrar aquela noite de dois de Julho de 2005.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Bigmacmaclocobigmac


Porque é que o loirinho me faz lembrar tanto o meu prof de Produção? Quando estiver no proximo ano na aula dele acho que vou ter um mega ataque de riso ao imagina-lo a fazer aquela dança. 

take me down to the paradise city ...

Aw o concerto de ontem ... aw aquele Myles Kennedy ... aw aquele Slash.
O concerto foi espectacular, estando apenas arrependida de ter comprado bilhete para a tribuna, em vez de comprar para a plateia. 
Foi um concerto puro de rock, sem as quequices que tanto se gosta de ver a adornar o palco e blá blá blá. A interacção com o publico foi pouca, mas simpatica. E tenho a dizer que concordo com o Myles, se o Slash concorresse para presidente, ganhava de certeza. O Sócrates que se ponha a pau.
Não tirei fotos, porque fui obrigada a deixar a maquina no vestiário, mas prontos, não faz mal, deu para apreciar o concerto do inicio ao fim sem a preocupação de estar a tirar fotos. 
Para terminar ... ontem o sr. Slash provou o porquê de ser considerado um dos melhores guitarristas do mundo. 

devaneio da nans #4

Porque há decisões que são melhores quando tomadas de cabeça quente, está na altura de tomar uma agora e não esperar que isto passe e que me comece a questionar.
Estou farta, mas mesmo farta, da ingratidão das pessoas e do seu cinismo. Pelos vistos é dificil, mas pelos vistos mesmo muito dificil, uma pessoa estender a mão a um amigo quando este necessita ou mesmo simplesmente fazer um amigo sorrir.
Sei que pelo meio muita gente que não tem qualquer culpa vai levar por tabela, mas a vida é assim mesmo. Estou farta de ter desilusões e de ser engana constantemente.
Resumindo, é desnecessário pedir-me o que quer que seja, porque tudo o que vão ouvir será um "não" bastante redondo como se costuma dizer. 

terça-feira, 22 de junho de 2010

slash ft. myles kennedy

Daqui a umas horas vou ver estes senhores *.*

devaneio da nans #3

Alguém me pode explicar qual a necessidade das pessoas em que eu encontre um namorado? A sério, eu gostava de entender isso.
Hoje fui falar com a Dr. Inês e a conversa mais uma vez recaiu sobre esse tema. 
Eu, claro, disse o que lhe tenho dito sempre que ela toca no assunto; não sou mais feliz ou infeliz por ter ou não ter namorado, não é isso que me vai completar. Claro que se arranjar um namorado, optimo, mas se não o arranjar, não vou andar a chorar pelos cantos ou virar um ser mais anti social do que já sou.
Mas pelos vistos isso nunca é justificação suficiente, porque a conversa recaí sempre para esse tema. 

segunda-feira, 21 de junho de 2010

coisas que odeio #2

Odeio, mas é que odeio mesmo, esperar. 
Okay, não no geral, mas quando se trata do meu pai, fico sempre de mau humor, por mais alegre que poss ter estado. Juro que o homem consegue tirar-me do sério quando se trata de compromissos.
Por exemplo, eu demoro cerca de 45 minutos desde a faculdade até á ultima paragem do autocarro. Sabem quando ligo ao meu pai para me ir buscar? Quando estou a entrar no autocarro. A conversa é sempre a mesma; "nem dez minutos e estou aí".
Guess what, e mesmo assim ainda tenho que esperar por ele. Oh yeah, supostamente estou a chegar, faço uma viagem de 45 minutos e ainda tenho que esperar.
Ou então, esperar pelo autocarro. Hate it ... não tanto a espera, mas o facto de estar ali em pé e depois quando o autocarro chega ainda vou tipo sardinha em lata ou apanho putos irritantes e sem maneiras.

domingo, 20 de junho de 2010

coisas que odeio #1

Não odeiam quando alguém fica com algo que é vosso e vocês simplesmente adoram?
Eu odeio emprestar livros e nunca mais os ver.
Adorava que o mesmo acontecesse a essas pessoas, para ver se elas gostam do reverso da moeda. 

a saga dos móveis

Bem, tal como disse, ontem fui com o meu pai ao Ikea, para comprarmos uns móveis, especialmente estantes.
Passei a noite de ontem e a tarde de hoje a montá-las e eis que chegou ao fim a saga dos móveis. 
Claro que também aproveitei para organizar os meus livros e tenho a dizer que gosto bastante de ver os meus livrinhos todos organizados e guardadinhos nas prateleiras. 

prendinhas vindas de terras francesas ...

Hoje de manha, quando cheguei a casa da minha madrinha para almoçar, tinha lá estas pequenas "prendas". A minha prima foi a Paris e trouxe-me um emblema para meter na capa do traje, de Paris, mas diferente ao que já tenho. E ainda me trouxe uma foto que o meu primo Joel lhe deu para me entregar.
Claro que receber coisinha faz-nos sentir bem. Podem ser pequenas, mas significam o mundo. 

compras de ontem ...


sábado, 19 de junho de 2010

brotherly love brings memories

Awwww ... as férias estão a começar da melhor maneira. Nada de ficar a preguiçar na cama, nada de perder tempo a dormir, mas mesmo assim, a descansar.
Hoje comprei três moveis novos para o meu quarto. Já há uma semana que tinha combinado com o meu pai irmos ao Ikea para vermos isso.
Claro que ele veio com a conversa do "porque é que não metes os livros no escritório e assim ficas com mais espaço livre no quarto", claro que a primeira vez que ignorei a pergunta não resultou, por isso tive que lhe gritar um "porque não quero separar-me dos meus livros", e aí ele percebeu a cena.
Acabei também por comprar um móvel para a televisão, de maneira ás coisas ficarem mais organizadas. Resumindo, velho móvel da televisão is out, welcome new one.
Também andei a passear pela C&A com o meu pai e comprei um vestido novo, que fica perfeito com as novas sandálias. Depois meto aqui fotos.
E estive agora a acabar de ver Brotherly Love. Oh My Fucking Ge ... trouxe-me tantas recordações. Das noites de verão acordada até ás tantas a ver os episódios, a minha panca pelos Lawrence's, tudo ... 
Sim, sim, não é a melhor série do mundo, mas para mim, só pelas recordações que trás, é perfeita.