sexta-feira, 11 de maio de 2012

I don't wanna be told to grow up ... I just wanna have fun - Parte 3

Ficamos cá fora e o Travis, Danny e Trippy dos We the Kings vieram dar autógrafos e foi aqui que a minha noite começou realmente a ficar surreal. Não, eu ainda me sentia presa á realidade quando o David Desrosiers me abraçou, mas o que veio a seguir foi totalmente de outro mundo.
Ficamos á espera do Danny e quando ele chegou á nossa beira eu dei-lhe o chapéu que tinha feito para ele. Esqueçam a reacção dos Simple Plan ás t-shirts, porque em comparação á reacção que o Danny teve ... ele percebeu a piada do chapéu e isso originou ali mesmo uma conversa cinematográfica. Dei-lhe algumas dicas sobre a camera e o foco e ainda lhe expliquei o função de um realizador. Quem diria que eu ia para Londres, a um concerto dos Simple Plan e We the Kings e acabaria a minha noite a ter uma conversa técnica sobre cinema com o Danny Duncan????
Claro que a conversa teve que ser interrompida, porque não éramos as únicas fãs ali. Então fomos ter com o senhor Trippy. Bem, o senhor é bastante simpático e acessível e fiquei mesmo contente por ter tido a oportunidade de o ver em concerto.
Travis, Travis, Travis ... o ruivo que estava rodeado de raparigas. O certo é que chegamos lá e disse-mos que éramos portuguesas e ele começou a falar para nós em português. Surpresas das surpresas, falou para mim e perguntou-me algo completamente incompreensível. Devo de lhe ter dito umas quatro vezes “what?” com cara de estúpida, porque não conseguia mesmo perceber o que ele estava a dizer. Depois a Sofia lá desvendou o que ele estava a perguntar e foi nesse momento que me apercebi que o Danny tem melhor sotaque português que o próprio Travis. Ele lá assinou a capa do c.d. e ainda lhe pedi para assinar a garrafa que tinha apanhado no concerto dele. Ele não assinou a garrafa, apenas escrever “Eu te amo!” e eu fiquei a olhar para aquilo com cara de “wtf” ... enfim, é o Travis, por isso eu dou-lhe um desconto,
Ele tinha que ir embora, por isso quase que perdia a oportunidade de tirar uma foto com ele, mas lá fiz o meu melhor olhar “a la Gato das Botas” e ele tirou a foto comigo.
Depois disso, já nem sei bem porquê, mas íamos para a parte da frente do HMV Fórum, ou seja, passamos novamente pelo Danny. Mais um pouco de conversa e aí lembrei-me de lhe pedir para assinar também a garrafa. O resultado foi priceless ... “Danny Duncan (the director) ... EU TENHO UM AUTOGRAFO EXCLUSIVO DO DANNY!!!!
Claro que aquilo deu azos a mais conversa e tal, até que eles tiveram mesmo que ir embora.
Por isso, enquanto esperávamos pelos Simple Plan, sentamo-nos e metemo-nos a tirar fotos. Uma das seguranças Ainda distribuiu umas coroas dos We the Kings e eu agarrei um molhe delas ... e não, ainda não as tenho em casa, porque a Lau ficou de mas enviar juntamente com os posters.

Sem comentários: