sábado, 30 de junho de 2012

the story of Seb's pick.


Nunca um objecto tão pequeno conteve tanto significado, para mim.
É que eu nem a vi. Senti algo a bater no meu peito e quando me apercebo, está o segurança á minha frente a dizer-me que a palheta está no meu peito.
Mas as palhetas do Seb ganharam um novo sentido quando o Pierre começo a cantar a "Perfect".
Não sei como, olho para a minha frente e na escuridão está o Seb a puxar de uma cadeira, senta-se e começa a atirar palhetas para a minha cabeça. A minha cabeça acabou por se tornar um alvo de palhetas e sinceramente, não me importei.
Foi uma cena engraçada, porque ele atirava-as para a minha cabeça e eu desviava-me. Quer dizer, eu já tinha uma, acho que era mais do que justo que outras fãs tivessem direito a uma ou outra.
Se fosse invejosa, neste momento teria umas cinco palhetas do Seb.
E ninguém me tira da cabeça a teoria de que ele se queria vingar por eu lhe ter dado um sermão no soundcheck.

Sem comentários: