sábado, 30 de junho de 2012

tell me how to get back to, back to summer paradise with you and I'll be there in a heartbeat - parte 6


Quando contei á Karla o que se tinha passado com o Seb, disse que quando o visse no soundcheck lhe iria dizer "hi, again", porque assim não haveria como não evitar o assunto.
E foi isso mesmo que fiz. Juro que nunca me passou pela cabeça discutir com alguém de uma das minhas bandas preferidas, mas posso afirmar que já o fiz, com o Sébastien Lefebvre, nada mais, nada menos.
Disse-lhe que tinha sido mal educado da parte dele ter feito aquele comentário. Ele disse que não era a intenção dele e eu expliquei-lhe que a maneira como ele tinha dito deu a entender que sim, que realmente estava a ser rude. Porque convenhamos, alguém dizer que somos "subtis", mesmo que seja irónicamente, não é má educação, mas a maneira como ele disse, de dentes serrados, foi.
Chegamos os dois á conclusão que tinha sido um mal entendido, ele pediu desculpas e tirou uma foto comigo onde está a sorrir. Um sorriso mesmo aberto. Desculpem Sofia e Karla, mas ele está mesmoooo a sorrir na minha foto.
E sem querer tirar o mérito a ninguém, aposto que se não lhe tivesse dado aquele sermão ele não teria sido tão atencioso como foi no concerto (esperem pelo post da palheta para perceberem) e o mais certo é que essa minha pequena façanha o faça lembrar-se de nós na proxima vez que o virmos.
Depois lá veio o Pierre e, mais uma vez, insistimos no tema da vinda deles a Portugal, ao qual ele respondeu que eles gostavam de voltar, mas que não dependia deles, mas sim de uma promotora que os quisesse trazer de volta a Portugal.

Sem comentários: