sexta-feira, 29 de junho de 2012

tell me how to get back to, back to summer paradise with you and I'll be there in a heartbeat - parte 3

Depois de descansarmos fomos dar uma volta, para ver a Catedral e, quem sabe, encontrar os meninos a fazer turismo.
Confesso, eu não estava a prestar atenção a nada a não ser ao mapa de como irmos para a Catedral, bem como o mapa para o hotel onde a Karla ia ficar, mas sempre que as ouvia dizer "careca" as minhas antenas sintonizavam a estação Simple Plan.
A verdade é que o nosso ponto de referência foi sempre esse, homens carecas. Escusado será dizer que vimos muitos, mas nenhum deles era o Jeff.
Fomos á Catedral, a Sofia e a Karla tiraram a foto da praxe, mas eu não. Tal como disse, estava com a atenção virada para os mapas.
Quando vimos que já estava a fazer-se tarde, levamos a Karla ao hotel usando o GPS, já que os mapas não estavam a ajudar.
Depois disso, eu e a Sofia voltamos para o nosso hotel, atravessando praticamente a cidade e eis que ouço a Sofia dizer; "olha o Pierre e o Seb".
Juro que pensei que ela estava a brincar, porque eu estava a olhar para outro lado e é comum fazermos esse tipo de brincadeiras. Mas quando olho em frente vejo três rapazes e dois deles iguaizinhos ao Pierre e ao Seb.
Claro que entrei imediatamente em panico, porque apesar de ter esperanças de os encontrar a fazer turismo nunca me passou pela cabeça que os fosse mesmo encontrar.
Decidimos que não os iriamos incomodar. Tinhamos acesso á Soundcheck Party e além do mais eles estavam com um amigo, um pouco de privacidade também é fundamental.
Mas a verdade é que á medida que eles se iam aproximando, o meu sorriso ia aumentando até que deve de ter ficado identico ao do Joker.
Ao passar por nós ouvi o Seb dizer algo, mas de dentes cerrados e acabei por não perceber o que era, apesar de saber que era dirigido a nós. Por sorte (ou não) a Sofia percebeu. "Subtle", foi isso que ele disse.
Ora, a sorte dele foi eu não ter percebido o que ele disse e também estar de bom humor, porque senão o mais certo era eu ter começado uma discussão ali mesmo.
Gosto muito dele, mas isso não quer dizer que tenha que ouvir bocas só porque não consegui controlar um sorriso.
Obvio que fiquei chateada e permaneci chateada até sairmos do hotel. Simpatizo bastante com o Seb e ele ter dito aquilo de maneira tão maldosa mudou um pouco a maneira como o via.
Lá nos metemos a caminho da Sala Capitol, ou a tentar descobrir onde ficava. Mas rapidamente percebemos que não era preciso esforçar-nos muito, porque avistamos duas raparigas com t-shirts dos Simple Plan e como é óbvio, apenas nos metemos a segui-la.
E imagine-se, era a apenas uns metros do nosso hotel!

Sem comentários: