quinta-feira, 11 de outubro de 2012

book #140 - destinada

Mais um livro da Casa da Noite, mais um sacrificio em termos de leitura.
Aos poucos a história vai avançando, mas aquela escrita é simplesmente atroz. Os diálogos são ridículos, as personalidades das personagens são rídiculas ... o único ponto positivo nesta saga é a história base, caso contrário já há muito que teria desistido da saga.
É deveras frustrante ler os livros desta saga, porque o diálogo é tão mau ... ninguém fala aquelas coisas, ninguém consegue ser tão random. Mas o pior é quando chegamos ao ponto de vista da Zoey (de há uns livros para cá os livros têm sido divididos entre a primeira e a terceira pessoa). Supostamente é uma rapariga de 16/17 anos, mas aqueles pensamentos parecem saídos de uma criança de 7 anos e não de uma vampira poderosa e uma Sumo-Sacerdotisa.
Não há nada de diferente referente aos livros anteriores, acho que apenas me iria repetir, porque apesar de a história em si avançar, a minha opinião referentes a estes livros será sempre a mesma.

Sinopse;
A Casa da Noite aguarda-te. Um local cheio de perigos e segredos onde os jovens marcados têm dois destinos: ou se transformam em vampyros ou morrem destroçados. As forças da Luz e das Trevas colidem numa luta épica que se desenrola na Casa da Noite. Zoey está finalmente na casa onde pertence, protegida por Stark, o seu Guerreiro Guardião, e preparada para enfrentar Neferet de uma vez por todas. Kalona libertou o seu domínio sobre Refaim e, através do dom da Deusa, ele e Stevie Rae poderão finalmente estar juntos – mas apenas se Refaim se mantiver no caminho da Deusa e se afastar da sombra do seu pai. Mas estará Zoey verdadeiramente em segurança? Conhecerá mesmo todos os seus amigos? E conseguirá o amor triunfar ao ser testado pela própria alma da Escuridão? Venham descobrir em mais um volume da Saga da Casa da Noite o destino que aguarda Zoey…

Sem comentários: