sábado, 13 de outubro de 2012

book #142 - crescendo

Eu tinha gostado do primeiro volume desta saga, mas ao ler o segundo o caso mudou de figura. Adorei. Sim, a história não é nada de especial, mas ao mesmo tempo consegue cativar uma pessoa sem ela se dar conta.
Confesso que apenas agarrei este livro porque o queria despachar, mas fiquei tão absorvida na história que se tornou impossivel não a apreciar ao ponto de não conseguir pousar o livro até o ter terminado.
Se me perguntarem o que me lembro do livro anterior, pouco poderei dizer, mas á medida que ia avançando na leitura deste segundo volume, os acontecimentos do primeiro livro vieram ao de cima e rápidamente fui capaz de seguir a história sem qualquer problema.
Apesar de o livro estar escrito na primeira pessoa, é bastante completo e a leitura é agradável. Apresenta uma escrita bastante cuidada e agradável, não restringindo muito, como acontece com outros livros que estão escritos na primeira pessoa.
E depois temos os twists. Estou tão habituada em desvendar os desenvolvimentos dos livros e quando tal não aconteceu com este, fiquei bastante agradada.
Sem dúvida uma das melhores sagas que existem nos dias de hoje e aconselho sériamente a leitura dela.

Sinopse;
A vida de Nora Grey continua longe de ser perfeita. Sobreviver a um ataque que podia ter-lhe custado a vida não foi fácil, mas tudo se resolveu, graças ao seu anjo da guarda - uma criatura misteriosa, sedutora e bela. Mas Patch tem sido tudo menos angelical. Está mais distante do que nunca e parece estar a passar demasiado tempo com a arqui-inimiga de Nora, Marcie Millar. E, como se isso não bastasse, Nora é assombrada por recordações do seu pai assassinado, começando a pensar que as intrigas dos anjos poderão estar relacionadas com a morte dele. Desesperada por desvendar os estranhos acontecimentos do seu passado, Nora expõe-se ao perigo, na esperança de encontrar algumas respostas. Mas todos sabemos que há perguntas que nunca devem ser feitas...

Sem comentários: